Exposição de protótipos baseados em Da Vinci será lançada hoje no Tribunal de Justiça do MS

Imagem

(TJ) Está tudo pronto para a vernissage da exposição “O Legado”, com protótipos baseados em estudos de Leonardo Da Vinci, que será realizada no Tribunal de Justiça nesta segunda-feira (17), às 19h30, no plenário do Tribunal Pleno.
 
O evento está sendo muito esperado pela sociedade em razão da apresentação da orquestra da União das Instituições Educacionais do Estado de São Paulo (Uniesp), formada em 2013 e composta por 38 jovens, entre músicos experientes e alunos da Faculdade de Música Carlos Gomes, sob a regência do maestro Jonicler Real.
 
Ressalte-se que o TJMS é o primeiro tribunal brasileiro a sediar tal exposição, que ficará no Poder Judiciário de 18 de março a 16 de abril, na Galeria dos Desembargadores, com entrada gratuita ao público, de segunda a sexta-feira das 9 às 18 horas e, aos sábados, das 14 às 18 horas. 
 
Com 21 protótipos do gênio da Renascença, todos construídos a partir de estudos e desenhos, a exposição tem seis trabalhos inéditos e, diferentemente de outras mostras sobre Da Vinci, a maior parte das peças foi construída em tamanho natural.
 
Os visitantes da exposição poderão apreciar protótipos com tal nível de excelência que não se encontra na própria Itália, terra do respeitado artista, e as peças são acompanhadas de painéis com reproduções de obras do artista, a exemplo da “Última Ceia”. 
 
Compõem “O Legado” peças como Carro Metralhadora, Balestra, Escavadeira de Trincheira, Catapulta, Inclinômetro, Mecanismo de Bater Asas Parafuso e Porca, Estudo da Asa, Máquina Voadora, Bate Estaca, Bicicleta, Câmbio, Caminhar Sobre a Água, Grua, Barco Canhão Giratório, Barco com Pás, Serra Hidráulica, Carro Cortador, Anemômetro, Máquina para Medir a Velocidade do Vento, Ponte Giratória e Técnica de Assalto.

Expectativas – Entusiasta da mostra, o vice-presidente do TJMS, Des. João Batista da Costa Marques, acredita que a relevância da exposição está no fato de ser mundialmente conhecida e reconhecida como distribuidora de cultura.
 
João Batista defende que canais de cultura abertos ao público devem ser preocupação inerente ao Poder Judiciário porque este pode contribuir para a expansão da cultura e propiciar à sociedade sul-mato-grossense momentos desta grandeza.

Dizendo-se “rejubilado” por ter contribuído para que a exposição viesse ao Mato Grosso do Sul, ele comentou: “Essa oportunidade me enche a alma e o coração de alegria. Desejamos que seja uma apresentação de caráter extraordinário para o nosso Mato Grosso do Sul”.

As visitas podem ser agendadas por grupos ou escolas pelo e-mail cerimonial@tjms.jus.br ou pelo telefone (67) 3314-1306/1304.
 
A exposição “O Legado”, de Leonardo Da Vinci, tem patrocínio do Grupo Educacional UNIESP e do Grupo Brasilinvest, realização da MaisCom, Curadoria do Instituto Vinciano Italiano e apoio do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, da Prefeitura de Campo Grande, da Secretaria de Estado da Educação, da Secretaria Municipal de Educação, da Melke & Prado Advogados Associados e da Sanesul.

 

Autor da notícia: Secretaria de Comunicação Social – imprensa@tjms.jus.br
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s