Governo lança programa MS Forte 2

Imagem
Nova fase terá investimentos de R$ 3,6 bilhões

Campo Grande (MS) – Com recursos próprios do Estado, parcerias com o governo federal e as prefeituras e empréstimo garantido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o governador André Puccinelli lança nesta quinta-feira o MS Forte 2, com investimento de R$ 3,6 bilhões. O programa consolidará o desenvolvimento regional e os avanços sociais com a melhoria das estruturas em saúde, educação, moradia e cidadania, beneficiando os 79 municípios de Mato Grosso do Sul.

O MS Forte 2 – Novas Conquistas, Novos Horizontes – prioriza não apenas as rotas de produção, com infraestrutura em logística essencial para promover o desenvolvimento dos vazios improdutivos, como garantirá ampliação da rede de saúde, com a construção dos hospitais públicos de Dourados e Três Lagoas. A educação também terá investimentos expressivos no ensino médio e na Universidade Estadual (UEMS), que ganhará prédio próprio e curso de Medicina em Campo Grande, além da ampliação da sede em Dourados.

O governador André Puccinelli autorizará, no lançamento do programa, a execução de um pacote com mais de 1.500 obras e serviços, cumprindo a meta municipalista do seu governo e de promover o desenvolvimento integrado do Estado e melhorar a qualidade de vida das pessoas com mais oportunidades de trabalho e serviços públicos eficientes. “Estamos avançando em todas as áreas e melhorando em todas as frentes”, destaca Puccinelli.

Para o governador, o volume de recursos disponibilizados para a primeira edição do MS Forte, e agora para a segunda fase, foi possível graças ao ajuste fiscal e recuperação das finanças do Estado, que promoveu no primeiro mandato – cuja capacidade de endividamento sustentou o aval do governo federal ao financiamento do BNDES. Também realçou os bons projetos apresentados pela sua equipe de governo em Brasília, bem como a contrapartida garantida pelo Estado.

Novas frentes – Os investimentos totalizam R$ 3,6 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão somente para o setor de transportes, onde se destacam duas obras emblemáticas: a pavimentação das rodovias MS-040 e MS-320, incorporando uma vasta área de terras férteis do Estado, entre Campo Grande e as regiões do Cone-Sul e Bolsão, ao sistema produtivo. Algumas obras estão em execução, totalizando R$ 233 milhões, dentre as quais a ligação asfáltica Campo Grande-Rochedinho (MS-010).

 Todas as obras e ações lançadas no MS forte 2 deverão ser entregues até o dia 31 de dezembro de 2014, assegurou Puccinelli. Com o MS Forte 2, o governador também se compromete em aumentar em mais de 450% o repasse ano a ano aos municípios para atender a área de saúde. Do total de investimentos, o financiamento do BNDES participa com R$ 1,2 bilhão, com o Estado assumindo R$ 2,6 bilhões, representando fonte própria e recursos em parceria com o Governo Federal.

Texto: Silvio Andrade 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s