Ex-dirigente do Santos crava Neymar no Bayern: “está fechado”

Imagem

(Terra) – Político e ex-presidente do Conselho Deliberativo do Santos entre 1981 a 1982, Vicente Cascione afirmou que o atacante Neymar atuará no Bayern de Munique, da Alemanha, a partir de agosto. A notícia foi divulgada em seu blog oficial, sob alegação de que o negócio já “está fechado” e que trata-se de uma “informação indesmentível”. Cascione já foi deputado federal em duas legislaturas.

“Não estou especulando, a informação é indesmentível. A partir de agosto deste ano, o jogador (Neymar) fará parte do elenco do clube (Bayern de Munique)”, disse.

Os rumores sobre a negociação são alimentados desde o anúncio do acerto do clube alemão, finalista da Liga dos Campeões da Europa, com o técnico Pep Guardiola, ex-Barcelona.

Neymar, por sua vez, tem sido alvo de outras especulações, a última gerada pela ida do vice-presidente Odílio Rodrigues à Madri, na Espanha.

O jornal O Estado de S. Paulo garante que a ida de Odílio para a Espanha é uma operação do Santos para fechar uma transação do camisa 11 para o Barcelona. De acordo com reportagem, a transação deve ser anunciada entre o fim do Paulista e o início da Copa das Confederações. O dirigente retornou nesta segunda-feira ao País.

Jornais espanhóis garantem o adeus do atacante da camisa 11 na próxima janela de transferências. O periódico Mundo Deportivo noticiou que Neymar já afirmou a colegas que deixará o clube.

O pai do atacante externou em recente evento de lançamento do personagem de quadrinhos que leva o nome do craque do Santos que vê como provável a saída do filho para a Europa, mas somente após a Copa do Mundo de 2014.

Neymar da Silva Santos citou que o jogador terá “cumprido uma etapa” na carreira e externou a vantagem contratual de segurá-lo no clube até julho de 2014, data do fim do atual vínculo, para contar com 100% de seus direitos econômicos. O pai do atleta ainda desmentiu a existência de um contrato cível do Barcelona com o filho, noticiado pelo jornal Sport.

Os direitos econômicos do atacante, atualmente, estão divididos entre Santos, detentor de 55%, a Teisa, grupo formado por conselheiros influentes do clube, 5%, e o Grupo DIS, 40%. A multa é de 65 milhões de euros (cerca de R$ 169,1 milhões).

Terra tentou contato com os dirigentes do Santos, dentre eles o vice-presidente Odílio Rodrigues, mas foi informado pela secretária do cartola que ele está em reunião.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s