Prêmio vai investir R$ 8 milhões no cinema nacional

Produtoras, distribuidoras e exibidoras podem inscrever seus projetos até o dia 20 de maio

(Ancine) – Estão abertas a partir de hoje, 19 de março, as inscrições para o Prêmio Adicional de Renda – PAR 2013, que contemplará empresas brasileiras produtoras, distribuidoras e exibidoras de longas-metragens nacionais com recursos no valor total de R$ 8 milhões.

Para a participação de empresas produtoras e distribuidoras, serão considerados os filmes nacionais cujo lançamento no circuito comercial tenha ocorrido entre 1º de dezembro de 2011 e 30 de novembro de 2012. Para as empresas exibidoras é necessário ter cumprido a Cota de Tela no ano de 2012, e será considerada a exibição entre o dia 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2012 de longas-metragens brasileiros cuja data de lançamento comercial no mercado de salas de exibição tenha ocorrido após 1º de julho de 2011.

O edital de 2013 traz pequenas modificações em relação a 2012, de forma a adequar o Prêmio Adicional de Renda à Instrução Normativa 110, sobre procedimentos para a apresentação e análise das prestações de contas de recursos públicos aplicados em projetos audiovisuais, o que inclui a alteração das regras de abertura da conta de movimentação.

Criado em 2005, o Prêmio Adicional de Renda tem como objetivo estimular o diálogo da cinematografia nacional com o seu público, premiando as empresas de acordo com o desempenho comercial dos filmes brasileiros no mercado de salas de exibição. Desde a sua primeira edição, o PAR já concedeu um total de R$ 58 milhões a empresas produtoras, distribuidoras e exibidoras. Os recursos da premiação devem ser obrigatoriamente aplicados no desenvolvimento de novos projetos, de acordo com o segmento de atuação da empresa contemplada.

Na categoria Produção, as empresas contempladas deverão investir os recursos no desenvolvimento de projetos, na complementação de recursos para filmagem ou na finalização de longas-metragens. Na categoria Distribuição, elas deverão investir em desenvolvimento de projetos, aquisição de direitos de distribuição (aporte na produção) ou comercialização de filmes de longa-metragem. Na categoria Exibição, os recursos deverão ser utilizados em operações de infra-estrutura, como automação de bilheteria, aquisição de equipamentos digitais, complementação de renda para abertura de novas salas e projetos de formação de público para o cinema brasileiro.

 inscrição no processo de seleção deve ser feita até o dia 20 de maio. Clique aqui e veja o edital 2013 e seus anexos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s